SAÚDE BEM ESTAR

Viva mais! Viva Melhor!

MENOPAUSA

Sintomas incomuns da menopausa: 8 alertas para ficar de olho


A menopausa é uma parte normal do envelhecimento. Ela ocorre ao longo de vários anos e seus períodos irão diminuir gradativamente. Após a menopausa, engravidar naturalmente não será mais possível.

A menopausa geralmente acontece entre as idades de 45 e 55 anos, mas às vezes pode acontecer mais cedo.

Mal estar e suores noturnos são dois dos sintomas mais comuns e conhecidos da menopausa. No entanto, há vários sinais menos conhecidos da menopausa com os quais você pode não estar tão familiarizada.

Quais são os sintomas mais incomuns da menopausa?

No geral, os sintomas da menopausa podem ser tratados e gerenciados usando medicamentos e autocuidado. Alguns sintomas podem causar mais dor e desconforto do que outros – seu médico poderá lhe dar conselhos sobre as opções de tratamento.


1. Sexo dolorido

Durante a menopausa, você pode achar que o ato de fazer sexo se torna doloroso. Isso ocorre porque o revestimento da vagina se torna mais seco, mais fino e menos elástico (atrofia vaginal). Você também pode sentir alguma coceira e incomodo.

Seu útero (ventre), clitóris, ovários e lábios menores (lábios vaginais internos) ficam menores durante a menopausa, o que pode afetar sua vida sexual. Você pode achar que tem um apetite sexual menor além de levar mais tempo para atingir o orgasmo. Mesmo assim, ainda é possível atingir o orgasmo durante e após a menopausa.

Se você está sentindo dor durante o sexo, há algumas coisas que você pode tentar antes de procurar um médico:

  • Usando (ou pedindo ao seu parceiro para usar) um lubrificante à base de água antes e durante o sexo;
  • Utilizar sabonetes não perfumados para manter a área ao redor da vagina limpa;
  • Utilizar hidratantes adequados para uso dentro ou ao redor da vagina
  • Provavelmente você conseguirá comprá-los na sua farmácia de preferência sem receita médica. Você também pode querer tentar mais preliminares. Estar mais excitado sexualmente durante o sexo pode resultar em um aumento na lubrificação natural.

Se você está sentindo secura vaginal ou dor durante o sexo, é melhor consultar seu médico. Dependendo dos seus sintomas, seu médico poderá prescrever antibióticos ou outro tratamento. Se seus sintomas retornarem, talvez seja necessário fazer um exame de urina para verificar com mais detalhes o problema, caso os remédios não surtam efeito.

Se você tem secura vaginal, seu médico pode tentar aumentar os seus níveis de estrogênio prescrevendo um gel, creme ou outro medicamento. Isso é conhecido como terapia de reposição hormonal (TRH).

2. Pele seca

Você também deverá notar que a sua pele muda durante a menopausa. Ela poderá parecer mais fina, seco ou menos elástica. Isso ocorre porque durante a menopausa seu corpo produz menos estrogênio, que é um hormônio que reduz os níveis de elastina e colágeno do seu corpo.

Elastina e colágeno são proteínas. A elastina torna sua pele elástica, enquanto o colágeno ajuda a fortalecer sua pele.

Como resultado dessas mudanças, sua pele pode parecer menos flexível. Também é possível que você perceba que sua pele fica danificada e os hematomas aparecerão mais facilmente.

Existem algumas maneiras de tratar a pele seca em casa, incluindo o uso de um hidratante. Usar protetor solar também pode ajudar a proteger sua pele de mais danos.

Problemas de pele geralmente podem ser auto medicados, mas consulte um médico se eles estiverem te preocupando ou se aparecerem manchas diferentes e que não cicatrizam.

O ideal é que você procure um dermatologista

3. Infecções do trato urinário (ITUs)

Pode ser que você descubra que tem infecções do trato urinário (ITUs) durante a menopausa. Isso ocorre porque durante a menopausa a uretra fica mais curta e seu revestimento fica mais fino.

A uretra é o canal de passagem que seu xixi usa à medida que sai do corpo.

Uma uretra mais curta acaba facilitando a entrada de bactérias no seu organismo, resultando em infecções do trato urinário.

Os sintomas incluem uma sensação de queimação ao fazer xixi. Uma ITU durante ou após a menopausa também pode resultar na necessidade urgente de fazer xixi.

Em alguns casos, isso pode levar à incontinência urinária, que é quando você se molha involuntariamente.

Há coisas que você pode fazer para aliviar o desconforto de uma ITU. Tomar paracetamol pode reduzir a dor e a sensação de ardência. Tente manter o seu corpo bem hidratado para garantir que o seu xixi esteja limpo e que você vá regularmente ao banheiro durante o dia. Também é importante tirar um tempo para descansar.

Pode ser interessante evitar o sexo até se sentir melhor.

Você deve consultar um médico se for sua primeira ITU, ou se seus sintomas piorarem ou não melhorarem após 2 dias. Provavelmente irão prescrever alguns antibióticos para ajudar.

É importante notar que as ITUs às vezes podem evoluir para infecções renais ou sepse, que precisam de certa urgência no tratamento.

4. Fraturas

A menopausa pode fazer com que seus ossos fiquem mais fracos e menos densos. Isso acontece devido à diminuição do estrogênio e pode acontecer muito rapidamente, levando à osteoporose.

A osteoporose é uma condição que enfraquece seus ossos, tornando-os frágeis e mais propensos a quebrar.

Existem algumas melhorias na dieta e no estilo de vida que você pode fazer para reduzir o risco de ossos fracos ou fraturados.

Também é importante ter uma dieta saudável e equilibrada, com uma atenção especial para o cálcio, que poderá ser suficiente pode ajudá-la a manter os ossos mais fortes e resistentes durante a menopausa.

Vamos a alguns exemplos de alimentos ricos em cálcio:

  • Laticínios, como leite, queijo e iogurtes;
  • Vegetais de folhas verdes, como couve e quiabo;
  • Pão e outros alimentos que contêm farinha fortificada;
  • Bebidas de soja que tiveram adição de cálcio;
  • Sardinhas, pomares e outros peixes onde você come os ossos;

A vitamina D também é uma excelente fonte de cálcio para os seus ossos.

Fazer exercícios regulares, tanto de levantamento de peso leve quanto de resistência pode ajudar a reduzir o risco de osteoporose.

Também há a possibilidade do seu médico determinar o seu risco de fratura individual. Seu médico pode avaliar sua dieta e recomendar mudanças se você estiver em risco. Eles também podem prescrever suplementos vitamínicos ou minerais.

Medicamentos fortalecedores ósseos podem ser prescritos para ajudar a prevenir a osteoporose. A TRH também pode ajudar a reduzir o risco de osteoporose.

Se por ventura você achar que fraturou algum membro, evite se movimentar e chame o serviço de emergência.

5. Unhas quebradiças

Se durante a menopausa, você pode descobrir que suas unhas se ficam quebradiças e começam a quebrar com mais facilidade.

Como muitos sintomas da menopausa, isso se deve à diminuição dos níveis de estrogênio em seu corpo.

Se você tem unhas quebradiças, tente as dicas abaixo:

  • Mantenha as mãos longe de produtos de limpeza e detergentes – por exemplo, tente usar luvas de borracha quando estiver lavando a louça e evite o contato direto com produtos químicos;
  • Utilize uma escova macia para manter as unhas limpas;
  • Use um creme hidratante para as mãos;
  • Mantenha suas unhas aparadas e, se possível, com um tamanho curto – isso pode incentivar que elas cresçam igualmente e alcancem o tamanho normal

Ter unhas quebradiças geralmente não é algo com que se preocupar. No entanto, você deve consultar seu médico se notar que a pele ao redor das unhas fica vermelha, dolorida ou inchada. Estes podem ser os primeiros sinais de uma infecção.

Sintomas incomuns da menopausa
Fique alerta!

6. Queda de cabelo

Perder cabelo muitas vezes pode ser uma preocupação durante a menopausa. Como mencionamos acima, provavelmente o fato da queda nos níveis de estrogênio em seu corpo.

Se o seu cabelo estiver caindo ou ficando mais fino devido à menopausa, tente usar xampus suaves e condicionadores hidratantes e evite usar secadores de cabelo no modo quente.

Manter uma dieta saudável também pode ajudar se o seu cabelo começar a ficar fino. Em particular, ter uma baixa ingestão de ferro, iodo, vitaminas B ou zinco tem sido associadas à perda de cabelo.

Mais uma vez: procure um médico se você estiver preocupada com a sua perda de cabelo durante o período da menopausa.


Provavelmente ele irá lhe receitar medicamentos para auxiliar no crescimento capilar. Lembrando que a TRH (Taxa de reposição hormonal) também pode ajudar a gerenciar a perda de cabelo.

7. Dores e mais dores

Sentir dores de uma maneira geral, e com uma intensidade não muito agradável também pode ser uma característica da menopausa.

Novamente, esses sintomas estão ligados a uma queda nos níveis de estrogênio. Algumas áreas do seu corpo podem ficar dolorosas e inchadas. As áreas afetadas com mais facilidade são as pequenas articulações das mãos e pés, bem como pescoço, joelhos e cotovelos.

Para a maioria das mulheres, é normal sentir dores e desconfortos durante a menopausa, mas você deve consultar seu médico se sua dor estiver impedindo você de executar a sua rotina diária. Até mesmo para lhe examinar e descartar outros tipos de problemas de saúde, como a  osteoartrite ou artrite reumatoide.

Mas fique alerta: Procure uma emergência se a sua articulação ficar inchada, quente e dolorida. Isso pode ser sinal de artrite séptica e precisa de um tratamento urgente e adequado.

8. Problemas com memória e concentração

Durante a menopausa, você pode achar que tem dificuldade em se concentrar ou lembrar das coisas. Você também pode ter dificuldade em realizar multitarefas.

Isso pode estar ligado a desequilíbrios hormonais que acontecem durante a menopausa. Também pode ser o resultado de uma noite de sono mal dormida.

É normal esquecer as coisas de vez em quando. No entanto, se for um problema regular e estiver afetando seu dia a dia, você deve consultar um médico para verificar o problema.

Sintomas incomuns da perimenopausa

O tempo antes da menopausa é chamado de perimenopausa (ou pré-menopausa). Durante esse período, é provável que seus períodos sejam irregulares. A perimenopausa termina e a menopausa começa 12 meses após o seu último período.

Você pode sentir muitos sintomas diferentes durante a perimenopausa. Muitos deles são sintomas semelhantes (ou iguais) à menopausa.

Os sintomas comuns da perimenopausa incluem:

  • Períodos irregulares
  • Desconfortos
  • Suores noturnos
  • Mudanças de humor

Sintomas menos conhecidos da perimenopausa incluem:

  • Ansiedade
  • Problemas de memória e concentração, incluindo multitarefa
  • Dor nas articulações e músculos
  • Dores de Cabeça
  • Fadiga
  • Sangramento menstrual intenso – cerca de 25% das pessoas que passam pela perimenopausa têm pelo menos um período pesado antes de se tornarem irregulares e/ou mais leves

Quando você deve consultar um médico sobre sintomas incomuns da menopausa

Você deve procurar orientação médica ou até mesmo chamar o serviço móvel de emergência se:

  • Você tem uma articulação vermelha, quente e muito dolorosa
  • Você teve uma lesão e acha que pode ter quebrado um osso
  • Você tem uma temperatura alta ou baixa e se sente muito mal ou tonta, tem uma frequência cardíaca rápida ou respiração rápida
  • Está se sentindo confusa, sonolenta ou com dificuldade para falar
  • Você não fez durante o dia todo, mas manteve a ingestão frequente de líquidos
  • Você se sente suicida ou com a impressão que poderá se machucar o tempo todo

Procure orientação médica se:

  • Você tem dor nas articulações com inchaço ou vermelhidão
  • Você tem suores noturnos com perda de peso ou glândulas inchadas
  • Você está perdendo peso sem querer
  • Você tem sangue na urina, dor de um lado das costas (estes podem ser sinais de uma infecção nos rins)
  • Você sente dores quando faz sexo
  • Você continua sangrando após a menopausa (suas menstruações foram interrompidas por 12 meses)
  • Você tem vermelhidão ou pus ao redor da unha

Também consulte o seu médico se:

  • Seus sintomas não estão melhorando com medidas de autocuidado ou eles continuam voltando
  • Você notou corrimento incomum da sua vagina
  • Você notou sangramento entre seus períodos menstruais ou depois de ter feito sexo
  • Você tem sintomas de uma infecção urinária (xixi com frequência, dor ao fazer xixi ou precisar fazer xixi com urgência), especialmente se eles não estiverem melhorando após 2 dias
  • Suas unhas mudaram de cor, forma ou textura (isso pode ser um sinal de uma infecção nas unhas ou outra condição médica)
  • Você está perdendo cabelo de repente ou inesperadamente, seu cabelo cai em grandes quantidades (ou você tem manchas carecas) ou sua cabeça queima ou começa ao coçar
  • Você está preocupada com sua memória ou concentração
  • Você se sente ansiosa ou de mau humor

Quando consultar um médico sobre sintomas incomuns da menopausa

Você deve chamar uma ambulância ou ir a um departamento de emergência se:

  • você tem uma articulação vermelha, quente e muito dolorosa
  • você teve uma lesão e acha que pode ter quebrado um osso
  • você tem uma temperatura alta ou baixa e se sente muito mal ou tonto, tem uma frequência cardíaca rápida ou respiração rápida (esses podem ser sinais de sepse)
  • sentindo-se confuso, sonolento ou com dificuldade para falar
  • você não fez xixi o dia todo
  • você se sente suicida ou como se pudesse se machucar

Você deve consultar um médico assim que puder se:

  • você tem dor nas articulações com inchaço ou vermelhidão
  • você tem suores noturnos com perda de peso ou glândulas inchadas
  • você está perdendo peso sem querer
  • você tem sangue na urina, dor de um lado das costas (estes podem ser sinais de uma infecção renal)
  • você tem dor no fundo quando faz sexo
  • você ainda está sangrando após a menopausa (suas menstruações foram interrompidas por 12 meses)
  • você tem vermelhidão ou pus ao redor da unha

Consulte também o seu médico se:

  • seus sintomas não estão melhorando com medidas de autocuidado ou eles continuam voltando
  • você notou corrimento incomum da sua vagina
  • você notou sangramento entre seus períodos menstruais ou depois de ter feito sexo
  • você tem sintomas de uma infecção urinária (xixi com frequência, dor ao fazer xixi ou precisar fazer xixi com urgência), especialmente se eles não estiverem melhorando após 2 dias
  • suas unhas mudaram de cor, forma ou textura (isso pode ser um sinal de uma infecção nas unhas ou outra condição médica)
  • você está perdendo cabelo de repente ou inesperadamente, seu cabelo cai em aglomerados (ou você tem manchas carecas) ou sua cabeça queima ou começa a coçar
  • você está preocupado com sua memória ou concentração
  • você se sente ansioso ou de mau humor

Referências:

Incluímos referencias sempre no final dos nossos artigos, para que você saiba de onde vem as nossas matérias. Nos procuramos sempre as fontes reconhecidas nacional e internacionalmente.

Mas quando falamos sobre as tendências na área da saúde ou tratamentos populares que viralizaram, também informaremos se há alguma ou até mesmo nenhuma evidência para apoia-las.


Compartilhe!

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *