SAÚDE BEM ESTAR

Viva mais! Viva Melhor!

Saude A-Z

Ansiedade: sintomas, causas e tratamentos

Vivenciar algumas situações como sentir-se nervoso, inquieto ou tensos em alguns momentos de nossa vida ou do dia é perfeitamente normal.

Um pouco de ansiedade vez em quando pode até nos ajudar a desenvolver melhor certas tarefas do dia a dia.

No entanto, se isso se torna algo cotidiano, que afeta a sua capacidade de relacionar com as pessoas, executar atividades corriqueiras, sensação de que nada está bom, você pode estar sofrendo de ansiedade.

Uma péssima sensação de mal estar, um bolo inexplicável no estomago, sustos do nada, vontade incontrolável de chorar, estremecimentos, angústia e aflição, tomam conta da pessoa com ansiedade gerando um padecimento e sofrimento, no qual o indivíduo mergulha sem saber porquê.

Ansiedade

Coisas simples como, se levantar da cama, escovar os dentes, se tornam quase ou totalmente impossíveis de realizar.

O corpo não obedece aos estímulos naturais, você não consegue dormir, comer, as ideias aparecem totalmente confusas em sua cabeça.

Geralmente, quando nos sentimos ameaçados, nosso mecanismo de defesa se protege, os batimentos cardíacos se fortalecem bombeando mais sangue para os músculos aumentando assim a pressão arterial.

Quando o perigo passa, o corpo retoma a normalidade.

Porém quando a sensação de ameaça é contínua, o que ocorre normalmente pelo estresse da vida moderna, e o corpo não consegue lidar com a situação, o organismo tende a desenvolver sintomas adversos, como manchas na pele, perda de peso, agressividade ou extrema retração, taquicardia, dores no estômago.                                                   

Causas da ansiedade

As causas da ansiedade muitas vezes podem ser óbvias, como o medo, a perda, a insegurança.

Outras vezes não são tão específicas, como pânico sem explicação e falta de esperança total sobre todas as coisas.

Pessoas que sofreram traumas como perda de entes queridos, dificuldade no trabalho, medo da violência, tendem a serem mais suscetíveis a distúrbios psicológicos, e quando não são capazes de reconhecer os sintomas e lidar com eles sofrem com a ansiedade.

Existem teorias à cerca das causas da ansiedade dentre elas, disfunções físicas ligadas ao sistema nervoso.

Há quem afirme se tratar de uma doença da alma, resultado da falta de valores sociais e morais.

Ansiedade e os tratamentos

É possível tentar lidar com a ansiedade por conta própria, porém com a cautela de não se submeter à tratamentos medicamentosos por conta própria.

A primeira coisa a fazer é reconhecer os sintomas, descobrir e enfrentar as causas.

Isso implica em mudança de hábitos, mudanças de comportamento, pois, muitas vezes fatores externos que circundam o cotidiano e que podem facilmente serem descartados, implicam seriamente no desenvolvimento da doença.

Nos quais se encaixam as pessoas negativas, os excessos de atividades profissionais, compromissos diversos, enfim, coisas totalmente desnecessárias que só aumentam a propensão à esse tipo de doença.

Em primeiro lugar o paciente deve reconhecer a doença.

É muito importante um diagnóstico preciso de profissionais ligados à área da saúde, especificamente um psiquiatra.

Esse por sua vez indicará tratamentos alternativos com psicólogos, terapeutas e muitas vezes com indicações medicamentosas.

Mas é muito importante que o paciente se esforce para levar uma vida o mais saudável e consciente possível, pois fatores como a alimentação, exercícios físicos, convívio com pessoas queridas são essenciais para uma melhora considerável e até a cura da ansiedade.

Saúde & Bem Estar

Compartilhe!

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *