SAÚDE BEM ESTAR

Viva mais! Viva Melhor!

ALERGIAS

Alergias no outono

Anúncios Patrocinados:
81 / 100

Ao longo do ano as alergias afetam a grande parte da população, mas com as mudanças de estação este número aumenta consideravelmente.

Há diversos tipos de alergias e em breve traremos mais matérias a respeito.

Alergias

No outono algumas pessoas ficam surpresas quando começam a espirrar. Por que as alergias pioram no outono? Vamos a alguns fatores que podem interferir.

1. Queda de temperatura

No outono, especialmente a partir de outubro, as temperaturas começam a cair e podemos ter, no mesmo dia, mudanças bruscas de temperatura não apenas na rua, mas também em casa.

Ao fazer mais frio, praticamente todas as casas fecham as janelas e as portas (algumas ligam também o aquecedor) e a ventilação natural é reduzida.

Por outro lado, há maior umidade no ambiente.

Se somarmos tudo isso, obtemos um terreno fértil perfeito para que os ácaros se reproduzam.

O corpo mais sensível pode causar uma resposta imunológica, fazendo com que as pessoas sofram de tosse, secreção, espirros, olhos vermelhos e lágrimas.

Estes são apenas sintomas leves. Em casos mais graves, a pessoa pode ter urticária, dificuldades respiratórias, asma e até reações alérgicas.

2. Cuidado com os objetos

Algo que temos que levar em consideração e que muitas pessoas desconhecem é que não importa apenas o lugar em que você está, mas os objetos que estão nele.

No outono pelo aumento da umidade dentro de casa os travesseiros, cobertores, lençóis, tapetes, colchões e objetos que acumulam ácaros se tornam mais perigosos.

Em locais públicos, também podemos encontrar alérgenos em objetos nos quais é fácil para os ácaros se acumularem.

Por exemplo: roupas molhadas ou toalhas molhadas na academia, brinquedos em creches e parques, etc…

3. O início das aulas

Em comparação com os adultos, as crianças geralmente sofrem mais de alergias.

Em primeiro lugar, porque o sistema imunológico deles não é tão forte quanto o nosso e também porque depois de longas férias, ao retornar as atividades escolares eles entram em contato com os colegas de classe, alguns destes possuem animais de estimação em casa e acabam por carregar alguns pelos nas roupas.

O que pode também trazer alguma alergia! (Pensa naquele abraço apertado pra matar a saudade).

Além disso, não devemos esquecer as alergias alimentares, com a volta das aulas é provável que as crianças que são alérgicas possam tomar por engano alimentos na sala de jantar ou provar o lanche dos coleguinhas.

4. As doenças virais aumentam

Com a chegada do outono, os vírus se proliferam mais rapidamente, assim pioram os sintomas típicos das alergias.

Devemos ter atenção especial a pandemia de coronavírus que estamos vivenciando!

5. A medicação é negligenciada

Ao se sentirem melhor no verão pessoas alérgicas sempre negligenciam ou abandonam suas medicações, mas no outono, quando volta a proliferação de ácaros em casa, os sintomas pioram.

Então a recomendação médica é que continuem tomando suas medicações, pois pessoas com alergia ao pó e asma, quando o outono chega tendem a piorar e sofrer crises alérgicas.

6. Contato com animais de estimação

Se você tem animais de estimação, você saberá que no outono e inverno estamos mais em contato com eles, basicamente porque ficamos mais tempo em casa por causa do mau tempo.

Levar o cachorro para passear não será tão frequente e duradouro como no verão.

tipos de alergias

Alergias mais comuns no outono e seus sintomas

  1. Alergias alimentares: nos estudantes e trabalhadores devido a alteração da rotina diária, a alimentação alternativa acaba sendo uma necessidade, e ao se alimentar fora estarão sempre expostos a alérgenos.

2. Rinite alérgica: é produzida como uma consequência da exposição a certos alérgenos, como poeira ou pólen. Também pode vir acompanhado de sintomas asmáticos.

3. Asma é o tipo de alergia mais frequente, geralmente aparece por alérgenos como poeira, ácaros, umidade, mofo, pelos de animais e certos alimentos.

4. Alergia a animais de estimação, O contato com a pele e pelos dos animais pode desencadear os sintomas desta alergia.

5. Dermatite atópica: com a chegada do vento e do frio, nossa pele tende a descamar. Além disso, com as baixas temperaturas nossos armários são abertos para tirarmos de volta os agasalhos e casacos (sem falar naquele cobertor que está há 6 meses no fundo do baú)… As roupas à base de lã mantêm a temperatura corporal, mas também podem facilitar a descamação da pele.

Como prevenir sintomas alérgicos

Confira abaixo 10 dicas úteis para prevenir os sintomas alérgicos:

  1. Limpeza profunda não é um segredo para prevenir a alergia ao pó e ácaros, é preciso aspirar frequentemente a casa. Se alguém da sua família sofre desta doença é aconselhável remover tapetes, brinquedos macios e outros tipos de objetos que possam acumular poeira e ácaros. Caso contrário, aspire os tapetes com frequência e não simplesmente os varra.
  2. Evite ligar o aquecedor, é melhor você usar mais roupas em casa do que ligá-lo, seus pulmões e seu organismo vão agradecer. Você também deve trocar frequentemente os filtros do ar condicionado ou do aquecedor para evitar o bombeamento de poeira e ácaros para o ambiente.
  3. O cuidado com a cama é essencial, lave os lençóis com água quente uma vez por semana para remover os ácaros. Não comer na cama, mude seu colchão no mínimo a cada dez anos, animais de estimação e brinquedos infantis de pelúcia não devem ficar perto.
  4. Roupas molhadas não devem ser acumuladas por muito tempo, a exposição em lugares secos e com sol ajuda muito.
  5. Use aspirador com filtro HEPA é um tipo de filtro que cuida para que o alérgeno absorvido não volte ao chão uma vez aspirado.
  6. Os produtos frescos não devem ser deixados ao ar livre e o lixo tem que ser retirado todos os dias.
  7. Se você tem plantas em casa, você deve monitorar o estado da terra e das folhas, se os fungos se formaram ou há partes estragadas.
  8. Por um tempo, evite passear por parques ou jardins.
  9. Evite a exposição ao tabaco e a odores fortes provenientes de produtos de limpeza, perfumados, lacas, etc.
  10. Escolha produtos de higiene livres de álcool e outros agentes alérgenos.

Saúde & Bem Estar

Compartilhe!

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *