SAÚDE BEM ESTAR

Viva mais! Viva Melhor!

Saude A-Z

Dores na coluna


Dores na coluna muitas vezes podem ser causadas por má postura, estresse, levantamento de peso excessivo e até uma noite mal dormida.

Na maioria das vezes é temporária e pode ser tratada com relaxantes musculares.

Porém, há casos em que as dores na coluna podem ser sintomas de doenças muito preocupantes.

Algumas doenças relacionadas a coluna precisam de uma atenção maior, como por exemplo a artrite, hérnia de disco e tensão dos nervos, por isso, se sua dor for persistente e não aliviar com relaxantes musculares, atenção, talvez seja a hora de procurar um especialista.


Há vários profissionais da área aptos a lhe ajudar, como: Fisioterapeuta ou até mesmo um clínico geral.

Dores na coluna

Procure um desses profissionais para receber os cuidados necessários e uma avaliação segura, pois assim, serão feitos exames para detectar o problema.

Ressonância magnética, eletroneuromiografia são exames feitos para avaliar a real situação

Artrite pode causar dor intensa e rigidez nas articulações, dormência no pescoço e a dor se estende até as pernas e nádegas.

Em caso de tensionamento dos nervos, haverá uma sensação de de travamento das costas, pescoço e músculos.


Já a hérnia de disco, além de causar dores no pescoço e lombar, a dor irradia para os braços com dormência e formigamento.                                                                                                              

Problemas de coluna são responsáveis por uma grande porcentagem de incapacitação laboral, segundo dados da previdência social, cerca de 300 pessoas, no brasil, são afastadas do trabalho por dia devido às complicações de coluna, além de problemas de coluna estarem relativamente ligados à impotência sexual.

DORES NA COLUNA TRATAMENTOS

Em geral, as doenças da coluna, são tratadas com medicamentos; existem vários aliados no combate e cura das dores, tramadol, pregabalina, codeína e ciclobenzaprina são muito receitados por especialistas da área.

A fisioterapia, além de mudanças de hábitos; como exercícios físicos, dietas; caso o paciente esteja acima do peso.

Lembrando sempre, que só um profissional de saúde pode avaliar qual o tratamento mais seguro.

Mas, vale lembrar que muitas vezes são necessárias intervenções cirúrgicas, no geral as cirurgias da coluna cervical, são pouco invasivas, pois a medicina conta hoje com técnicas muito avançadas à seu favor.

Realizadas por vídeo, endoscópicas, causam menos dor, muitas vezes usam anestesia local, não é necessário internação e proporcionam ao paciente uma recuperação mais rápida.

Infelizmente, os problemas relacionados a coluna são inúmeros, mas a boa notícia é que hoje em dia, a medicina conta com técnicas muito avançadas, tanto para a descoberta do problema quanto para a solução do mesmo.

O importante é ficar atento a qualquer sintoma e procurar o médico imediatamente, caso sinta que possa estar nesses grupos de risco.


Compartilhe!

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *