SAÚDE BEM ESTAR

Viva mais! Viva Melhor!

Saude A-Z

Como aliviar a síndrome das pernas inquietas

Anúncios Patrocinados:
76 / 100

Um dos distúrbios de movimentos mais comum na sociedade de hoje e muitas pessoas sofrem com isso é a síndrome das pernas inquietas.

O fato de sofrer algum formigamento, coceira ou alguma pressão durante muitos momentos do dia de forma contínua, torna bastante irritante e desconfortável para a pessoa, especialmente quando se trata de não conseguir descansar ou dormir de uma maneira adequada.

Este distúrbio ocorre quase sempre na idade adulta, embora também possa ocorrer em crianças e jovens.

Logo abaixo, vamos dizer como aliviar esse distúrbio e tratar sintomas tão desconfortáveis e irritantes nas pernas.

síndrome das pernas inquietas

Como aliviar a síndrome das pernas inquietas

Se é um distúrbio leve ou de baixa gravidade, há uma série de medidas ou dicas a seguir que podem fazer a pessoa afetada melhorar os sintomas:

  • Em primeiro lugar, a pessoa que sofre de tal transtorno de movimento deve implementar uma boa qualidade do sono. É importante seguir uma rotina saudável, que lhe permita dormir as oito horas recomendadas.
  • É aconselhável praticar um pouco de exercícios com as pernas à noite. O mesmo pode ajudar o paciente a aliviar seu desconforto.
  • Os especialistas aconselham não tomar álcool ou cafeína no final do dia ou a noite.
  • A pessoa deve ter bons níveis de ferro e vitaminas do tipo D e B12. Isso pode ajudá-lo a tratar essa síndrome e evitar que os sintomas possam ir mais longe.
  • Molhar as pernas, seja com água quente ou fria, também é um dos melhores remédios para aliviar a síndrome das pernas inquietas.

Tratamento da síndrome das pernas inquietas

Se as medidas que vimos acima não amenizarem o problema, é aconselhável a ingestão de certos medicamentos.

Antes disso, é importante recorrer ao especialista e deixar-se guiar pela opinião do mesmo.

Evite a automedicação!

Em muitas ocasiões, o consumo de certas drogas pode vir a piorar o problema das pernas.

Os tratamentos mais comuns para este tipo de transtorno são os seguintes:

  • O primeiro medicamento recomendado são os moduladores dos receptores da dopamina. Eles são bastante eficazes, embora os profissionais alertem que a prescrição médica deve ser seguida em todos os momentos. Tomá-los para se livrar do problema e em doses muito altas poderão agravar o problema.
  • As drogas do tipo alfa 2 delta são os tratamentos mais adequados ao tratar um distúrbio, como a síndrome das pernas inquietas. Graças a tais drogas, a pessoa que sofre de tal desconforto é capaz de dormir de forma profunda e controlar o movimento das pernas.
  • Pode também acontecer que o distúrbio seja tão grave que a ingestão de medicamentos se revela totalmente ineficaz. Atualmente dois tratamentos também se mostraram eficazes: É o caso das injeções de ferro e estimulação trans craniana repetitiva.

Embora não aparente, a síndrome das pernas inquietas é um distúrbio muito grave.

pernas inquietas

O desconforto manifestado através da sensação de formigamento, coceira ou queimação faz com que a pessoa não possa descansar de maneira adequada.

Isso influencia você de forma negativa em sua rotina diária, seja no trabalho ou na família.

É importante poder tratar da melhor maneira possível tal desconforto e poder aliviar os sintomas desse problema nas pernas.

Compartilhe!

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *