SAÚDE BEM ESTAR

Viva mais! Viva Melhor!

Viver com Saúde

Tireóide: A sua bomba de energia

Responsável pela produção de dois importantes hormônios que regulam o nosso metabolismo, a glândula tireóide tem importante função em nosso corpo, fazendo com que ele armazene e use as energias, esses hormônios são: a triiodotironina (T3) e a tiroxina (T4).

Essa glândula está localizada no pescoço, logo abaixo das cordas vocais e tem o formato de uma borboleta.

Mas quando essa máquina de fabricar energia não está bem regulada, sérios problemas podem surgir afetando diretamente o funcionamento do corpo por inteiro.

Estamos falando do hipertireoidismo e do hipotireoidismo.

O primeiro acontece quando a glândula tireoidiana está  trabalhando de forma acelerada.

Já o segundo acontece quando essa mesma glândula está funcionando de modo preguiçoso.Nos dois casos é necessário procurar imediatamente um médico, pois há sérios riscos para a saúde do paciente.

Sintomas do Hipertireoidismo

Listamos abaixo uma relação dos principais sintomas do hipertireoidismo, claro que eles poderão se manifestar de maneira isolada ou mais de um, a depender do paciente:

  • Fraqueza
  • Palpitações
  • Falta de concentração
  • Ansiedade
  • Insônia
  • Aumento de apetite
  • Queda de cabelos
  • Unhas quebradiças
  • Agitação e nervosismo
  • Menstruação irregular
  • Aumento visível de nódulos na região 

Sintomas do Hipotireoidismo

Agora vamos a relação dos principais sintomas do hipotireoidismo:

  • Pele ressecada
  • Sonolência
  • Dores nas articulações
  • Dores de cabeça e enxaqueca
  • Prisão de ventre
  • Depressão
  • Batimentos cardíacos mais lentos
  • Aumento de peso
  • Retenção de  líquido
  • Fadiga
  • Menstruação irregular
  • Falta de desejo sexual
  • Inchaço

Alguns dos sintomas são encontrados tanto no hipertireoidismo quanto no hipotireoidismo, mas pode ser uma doença silenciosa,por isso são necessários exames de rotina para verificar o funcionamento da tiróide, aqui relacionamos os sintomas mais recorrentes,mas em se tratando de uma glândula responsável pelo bom funcionamento de vários outros órgãos, muitos problemas podem estar relacionados ao seu mau desempenho.

Tratamento da Tireóide

Mesmo sendo muitos os problemas causados pela tireóide lenta ou acelerada, saiba que para ambos os casos existe um tratamento adequado e eficaz.

A primeira coisa a fazer quando alguns desses incômodos aparecem é procurar orientação de um profissional da saúde.

Um endocrinologista ou mesmo um clínico geral, poderão diagnosticar o problema.

Exames de sangue, ultrassonografia, biópsia e cintilografia usados para detectar e avaliar a gravidade da doença.

Para o tratamento, poderão ser utilizados diversos medicamentos, como por exemplo o metimazol, que reduzem a produção de hormônios no caso do hipertireoidismo, e em casos mais preocupantes, o paciente é submetido a sessões de iodo radioativo ou mesmo a retirada da tireoide.

Nesse último caso, o paciente deverá fazer reposição através de hormônios sintéticos.

Para o tratamento do hipotireoidismo, são usadas medicações que aumentam a  quantidade necessária de hormônios para o bom funcionamento do metabolismo, a levotiroxina é a base desses medicamentos.

É importante ressaltar que hábitos saudáveis, como a prática de exercícios físicos, uma boa alimentação, uma boa qualidade de sono e  evitar alimentos industrializados, óleos vegetais comuns e gorduras trans,  evitar o tabaco, não ingerir bebidas alcoólicas, evitar alimentos crus e beber água filtrada, eles dificultam a absorção do iodo, não usar medicamentos sem  prescrição médica, são dicas importantes para uma tireóide saudável.

Os alimentos corretos são grande aliados para que a tiróide desempenhe bem o seu papel, sal em quantidade moderada, peixes, ovos, carnes, castanhas, feijão, abacate, amendoim, sardinha e atum.

Esses alimentos são ricos em ômega 3, selênio, zinco e iodo, elementos fundamentais para a produção correta de hormônios pela tireoide.

Se cuidem!

Saúde & Bem Estar

Compartilhe!

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sair da versão mobile