SAÚDE BEM ESTAR

Viva mais! Viva Melhor!

Saude A-Z

Imunidade baixa o que tomar?

Veja agora o que fazer se você tem uma imunidade baixa e os alimentos que poderão lhe ajudar a aumentar a sua imunidade.

Em determinados meses do ano o sistema imunológico fica mais fraco. Como resultado, fica mais fácil para os vírus respiratórios se instalarem e nosso organismo, como gripe ou catarro.

As defesas são fundamentais no organismo de toda pessoa, porque repelem infecções além de tratar doenças tão graves como o câncer.

Imunidade baixa o que tomar

Como saber se a imunidade está baixa?

É importante saber se as suas defesas estão muito baixas.

Cansaço ou falta de energia durante o dia, podem ser alguns sintomas que as pessoas têm quando o sistema imunológico está um pouco fraco.

Sofrer de infecções virais de maneira habitual, também é um indício que a pessoa tem as defesas baixas.

Há muitas pessoas que pensam que um exame de sangue, pode indicar se seu sistema imunológico está baixo.

Isso ocorre porque os glóbulos brancos e vermelhos, não fazem parte do sistema imunológico.

A importância da imunidade

Muitas pessoas acreditam que um medicamento pode resolver o problema que tem com suas defesas e fortalecer o sistema imunológico.

No entanto, os especialistas aconselham a ter bons hábitos de vida para conseguir aumentar as defesas.

Uma pessoa considerada saudável, tem muito menos chances de se infectar do que outra que segue um estilo de vida muito menos saudável e com todos os tipos de excessos.

A força do sistema imunológico depende em grande parte da alimentação a mais saudável e equilibrada possível e do exercício físico em uma maneira regular.

O que fazer para ter a imunidade forte

Além de seguir uma boa alimentação e praticar esportes de maneira usual, há outra série de hábitos que podem ajudá-lo a ter as defesas altas:

  • A falta de descanso faz com que o sistema imunológico enfraqueça mais do que o normal. É aconselhável descansar e dormir pelo menos cerca de 7 ou 8 horas por dia para evitar uma queda significativa nas defesas do corpo.
  • Muitas pessoas não sabem disso, mas as emoções fazem parte do sistema imunológico. E por isso que é importante ter sempre uma atitude positiva perante a vida. Uma pessoa com um alto nível de estresse e ansiedade tem mais chances de contrair algum tipo de condição do que outra que é feliz e ri de maneira constante. Portanto, descarte os pensamentos negativos de sua vida e pense positivo.

Os diferentes tipos de defesas

Cada célula que compõe o sistema imunológico tem uma função crucial na defesa do organismo de possíveis vírus:

  • Os neutrófilos são as primeiras defesas a aparecer, a fim de eliminar possíveis vírus que entram no organismo.
  • Os macrófagos alertam a presença de bactérias e vírus que representam para a saúde uma ameaça.
  • Os linfócitos do tipo B são responsáveis pela produção de anticorpos para eliminar os invasores.
  • Os linfócitos do tipo T participam da produção de anticorpos e ajudam os macrófagos a eliminar os diferentes vírus.
  • As células dendríticas são responsáveis por reconhecer os invasores e eliminá-los.

É fundamental, portanto, que estes tipos de células estejam fortalecidas o tempo todo, pois desta forma, o risco de se contrair uma doença será bem menor.

Defesas altas são fundamentais para evitar condições tão comuns como resfriados ou gripe.

Lembre-se que nos meses de outono e inverno as defesas são mais propensas a diminuir e tornam-se mais vulneráveis do que durante os meses mais quentes.

Alimentos para aumentar a imunidade:

Compartilhe!

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *